domingo, 29 de abril de 2012

As Oito Mais

Dia desses, na casa de um amigo, ao falar de gostos musicais, tive que aturar esse cara interromper a conversa pra me fazer ouvir uma apresentação da Adele ao vivo não sei onde, que a plateia canta junto e tal, aquelas coisas de sempre. Segundo esse amigo, ele achava essa música tão linda, mas tão linda, que o fazia chorar sempre que ouvia. Depois de zombar do pobre homem (homem lato sensu, o cara chora ouvindo Adele), alguns confessaram que havia músicas que produziam o mesmo efeito sobre eles. Alguém, obviamente, sugeriu "Canção da América" do Milton, outros falaram em "Starway to Heaven" do Led Zeppelin, e por aí vai.
Eu mesmo elenquei uma ou duas que lembrei na hora, mas depois, indo pra casa, a lista foi aumentando e quando percebi já dava pra fazer um set list só para pessoas dispostas a cortar os pulsos - afinal de contas, eu sou chorão de lacrimejar vendo Simpsons. Como listas são sempre uma boa pedida quando a gente fica sem assunto no blogue, resolvi colocar essa aqui, com os links, quem sabe alguém se identifica. São músicas que me fazem ou já me fizeram chorar muito, se você estiver lendo esse post, coloca nos comentários pelo menos uma música sua, quem sabe eu acrescento depois numa futura lista. Não precisa ter vergonha, se eu não te sacanear por isso, provavelmente te sacanearia por outro motivo.


1 - Edith Piaf - Non Je Ne Regrette Rien.
2 - Billie Holiday - All of Me.
3 - Lupicínio Rodrigues - Nervos de Aço.
5 - Jeff Buckley - Lilac Wine.
6 - Tom Jobim - Você Vai Ver.
7 - Elis Regina - Atrás da Porta.
8 - Cartola - Sim.



12 comentários:

Camila disse...

Porrahnnnn, até pra chorar você é cult, hein?!
Eu sou do princípio que se é pra ficar triste então tem que ficar triste de verdade: um copo de vodka, um cinzeiro cheio de bituca e uma música "dilurida" na vitrola.
E na minha discoteca entram "Metade", do Oswaldo Montenegro, "Gostoso Demais" do Dominguinhos, não ria, mas o Fábio Jr. cantando "Pai" é de lascar. No repertório internacional Feist tem seu lugar garantido, além de Sade e a trilha sonora de Um lugar chamdo Notting Hill...
Tá certo, eu tenho problemas. Mas isso você já sabia, né?!

Beijos daqui

lu disse...

a llista ficou tão intocável que eu teria pena de mexer. talvez eu acrescentasse lupicínio rodrigues e seu bom dia, tristeza, oblivion de piazolla, a resposta ao tempo da nana e um pouco de pink floyd pra mostrar o clichê que sou. aí pronto: não preciso de mais nada pra chorar pelo resto da vida!

Marcelo Faccenda disse...

Camila, achei a dica da Feist legal, não me faz chorar, mas me deixa bem melancólico. Nas fases ruins, concordo com você, as melhores músicas são as mais doloridas. E a do Dominguinhos vou deixar passar... :o)

Marcelo Faccenda disse...

Lu, Oblivion só me deixa muito pensativo, é muito difícil eu chorar com música instrumental. Mas não é nada clichê, com certeza. Nana pra mim é obrigatório, mas mais nas fases de corno, meio que nem Elis. Eu nem coloquei no post, mas teve gente na conversa que sugeriu "Wish You Are Here" do Pink Floyd sim. Então, vou concoordar que é meio clichê mesmo, mas não desvaloriza nada, a ideia não é só citar as menos óbvias...

Manuela do Prado disse...

Tatuagem e My funny valentine....

Marcelo Faccenda disse...

Nossa, que duas excelentes pedidas. Tatuagem mexe muito comigo, quase de chorar mesmo. My Funny Valentine (só pelo Chet Baker, nem a versão do Sinatra serve), eu usava muto pra escrever... :o)

Mari disse...

Tá bom...
Não queria me expor tanto assim, mas vão as minhas prediletas:
- I never gonna dance again (na voz do Paulo Ricardo!!)
- Outra Vez (esse é pra chorar quando Roberto Carlos canta!)

Marcelo Faccenda disse...

Eu imaginei que ia aparecer alguma coisa do Robertão aqui, o CD que a Bethânia gravou só com as músicas dele é Top 5 pra mim, simplesmente indefectível. Agora, "I Never Gonna Dance Again" eu acho horrível!!! Ahahahahahahah!!!

Rodrigo Barbosa disse...

Marcelinho, amor da minha vida! O que eu acho bonito não é a música em si, eu me emociono com as pessoas cantando, sempre me emociono com multidões cantando (tá cada vez pior, né?). Tem outra que eu adoraria mostrar para você: Minha Pequena Eva, com o Saulo. Coloca aí na sua lista!

Marcelo Faccenda disse...

Tsc tsc tsc. Olha que ingratidão, a gente faz um post homenageando o amigo e ele, em vez de agradecer, faz um comentário se entregando de vez. Vai colocando o DVD do Saulo que eu tou quase chegando, viu?

Rafael Zeni disse...

Taxímetro - Oswaldo Montenegro

Marcelo Faccenda disse...

Putz, adoro essa música....