terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Tequila shots

Domingo fui ao Casa Park pra comprar umas coisinhas na Cultura. Eu nem sabia nem nada, mas tava tendo apresentação de um coral de natal, acompanhado de uma orquestra de mais ou menos vinte musiquinhos, tudo muito bonitinho, jingobéus e coisa e tal. O que me chamou a atenção, contudo, foi a quantidade de pessoas que se aboletaram a cotoveladas nas cadeirinhas e nos corrimãos pra ver o tal concerto. Agora tava aqui de cuequinha na cama vendo CQC e me alentou perceber como, a despeito de todos os Latinos e Belos da vida, as pessoas se comprazem do que é bom. E ao contrário do que imaginam o Nelson Motta e o Raul Gil, é só facilitar o acesso das pessoas à cultura de boa qualidade que o negócio dá certo.

E quando eu digo facilitar, é óbvio que não estou falando em aprovar um "vale-cultura" qualquer pra fazer as pessoas assistirem esse documentário ridiculo do Lula...

* * *
Maria, comprei um Mia Couto só por sua causa, viu? E acho bom ser sensacional, porque, confesso, fiquei meio decepcionado ao ver um moçambicano naquela fotinho de intelectual europeu na orelha do livro...

* * *
CD novo da Norah Jones tá estranho. Parece que a baixinha cresceu e tá meio de ovo virado com o mundo. Pegar o Jude Law não fez bem pra ela. Menos jazz, muito mais folk. Parece que ainda tá bom, preciso ouvir mais, mas definitivamente não serve mais pra dor de corno...

9 comentários:

Anônimo disse...

diffuse izfr shyamji neutrons ragnar restfont civic americans herzelia blogsite dvorak
semelokertes marchimundui

Marcelo Faccenda disse...

Claro! Como não???
:o)

Má com acento mesmo disse...

Ainda tá bom para fazer sexo?

Cela disse...

Nossa...e eu que tinha entrado pra perguntar mais da Norah. Esquece...rs

Marcelo Faccenda disse...

Kkkkkkkkkkkk!!! Cê, o CD da Norah tá aqui em casa, eu guardo pra ouvir com vc e um bom Malbec, se vc quiser..
Ma, pra fazer sexo tou sempre bom, é o único exercício que faço regularmente...

Camilinha disse...

Espero que tenha gostado do Mia Couto - ele é tudo! Já li vários:
"A viagem não começa quando se precorrem distâncias, mas quando se atravessam as nossas fronteiras interiores. A viagem acontece quando acordamos fora do corpo, longe do último lugar onde podemos ter casa." {o outro pé da sereia)... Eu adoro!!!

Tente Inês Pedrosa também. Ela é linda!

beijos daqui...

Marcelo Faccenda disse...

Estou curtindo sim, lindona. A Inês Pedrosa eu sempre quis tentar, mas acabei desistindo porque ganhei um livro dela de uma pessoa que hoje eu não curto muito, Mas qualquer hora perco o preconceito... Beijo grande!

PE disse...

Como vai ser em Fortaleza? Que dias vc estará por lá em janeiro?

Sabe que nunca li Mia Couto, mesmo tendo vários livros dele em casa!!!

Marcelo Faccenda disse...

Fala, compadre! Chego em Brasília dia 3 e vou a Fortaleza dia 8, fico 10 dias por lá...
Quando tiver tempo, pode dar uma chance pro Mia Couto, terminei o livro dele ontem, vale muito a pena...

Abração!