sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Poeminha dos quatro Marcelos


Marcelinho 1 chega de madrugada
Ruim de tanta cana e remédio
Quase cai rolando da escada
E faz barulho em todo prédio.

Marcelinho 2 rala tanto no trabalho
Que excelente profissional da área
Mas se esforça pra caralho
É pra traçar a estagiária.

Marcelinho 3 já leu Llosa e Bandeira
Ouve Ibrahim Ferrer e Buarque
Escreve um blogue de terceira
E é um intelectual de araque.

Marcelinho 4 chega em casa acabado
Não é fácil, com tantos caminhos
Já está ficando incomodado
De cuidar dos Marcelinhos.

4 comentários:

Cela disse...

Gozado, o Marcelinho que eu coheço nem se quer foi citado...vai entender...

Marcelo Faccenda disse...

São milhares, Celinha... Vou precisar de mais uns 3000 poemas pra citar todos... Mas que msabe uma hora ele aparece por aqui..
;O)

Heliovna disse...

Amei!!! :o)

PE disse...

kkkkkkk...
Faltou o Marcelinho futuro pintor e rico!!!