domingo, 21 de junho de 2009

Das 100 coisas que eu mais gosto na vida

Ando querendo colocar as coisas no lugar. Arrumando gavetas, esvaziando velhas caixas de papelão, catalogando revistas e livros antigos, essas coisas. No fundo da cômoda da TV, encontrei um velho caderno que fez parte de uma época estranha da minha vida, o fim da adolescência.

É um caderno fino, de capa tribal dura, com as páginas amareladas repletas de poemas escritos com letra miúda, meus e de outros. Dos meus, morro de vergonha, mas os outros escritos dizem muito do que se passava com o Marcelo de então.

Além dos poemas, algumas anotações interessantes, dentre elas as listas das 100 coisas que eu mais gosto e das 100 coisas que eu mais odeio. Achei que valia a pena comentar os mais interessantes. Das coisas que eu mais amava há 15 anos:

1 - sexo (estranho esse tópico, porque se eu fizesse sexo naquela época, provavelmente não escreveria um caderno de poemas)
2 - pizza e biscoito recheado (eu ainda adoro junk food, mas hoje dispensaria sem beicinho essas duas)
3 - vida após a morte (com 18 anos e pensando nisso???)
4 - Arnaldo Jabor (reacionário, não dá pra entender com eu, que sempre tive inclinações políticas de esquerda me deixei seduzir por ele)
5 - London Pub (tive que buscar no google pra lembrar, mas era um barzinho/boate muito bom em Uberlândia)

Das 100 coisas que eu mais odiava:
1 - maracujá (meu ódio mais consistente, se um dia inventarem um super-herói com meu nome, o maracujá vai ser o meu Lex Luthor)
2 - camisa polo (esse já não vale mais, hoje em dia tenho uma bela coleção delas)
3 - Corpo de Bombeiros, Julia Lemmertz e medicina (hein???)
4 - Leila Pinheiro (o mesmo caso da camisa polo, mesmo que a minha coleção de Leila Pinheiro seja menor)
5 - minha mãe (outra raiva consolidada, mas que tive a sorte de desmantelar nos últimos meses)

5 comentários:

Má com acento mesmo disse...

feioso, retome a lista. Ela está precisando de nomes do século XX.

Marcelo Faccenda disse...

kkkkkkkkkkk!!! Justamete vc falando isso, que já devia ter uns 40 anos em 1990...

Madame Mim disse...

Arrumar os armários é tão bom, parece que a vida fica mais leve, né não?
Jogo fora papéis, fotos, tudo.
O Feng-Shui explica.

Lua disse...

Adorei. Não sei se as listas refletem de verdade as suas preferências, mas com certeza refletem sua personalidade (Sexo em primeiro lugar?!?!?)

Marcelo Faccenda disse...

Lua, essa lista é um verdadeiro achado arqueológico... kkkkkkkkkkkkkkkk!!!